sexta-feira, 7 de maio de 2021

Óleos essenciais: o que são e como usá-los na rotina da casa.

Aromaterapia na rotina do lar
Foto: Pexel

Rotina do lar com óleos essenciais

Após um ano de pandemia, com muitas pessoas trabalhando em casa, alguns novos hábitos passaram a fazer parte da rotina diária de muitas pessoas. Entre eles, cuidar mais do lar, tanto na parte energética, quanto na redução de carga tóxica do dia a dia. E, neste cenário, os óleos essenciais passaram a fazer parte da rotina de muitas casas.

Mas, antes de explicar como os óleos essenciais podem ser aliados tanto na parte de limpeza e purificação quanto nas questões energéticas de uma casa, faz-se necessário o entendimento do que é o óleo essencial. Ele é um composto químico aromático, extraído da natureza (flores, frutos, sementes, caules, raízes e folhas) e representa a imunidade da planta. Graças aos óleos essenciais, as plantas se mantêm saudáveis, ou seja, basicamente, são eles que atraem os polinizadores, afastam os predadores e fazem com que elas cresçam saudáveis.

As formas mais comuns de utilização dos óleos essenciais são: aromática (inalação direta ou por difusão no ambiente), tópica (utilização na pele com um óleo vegetal carreador ou com um creme natural) ou ingestão (tema ainda polêmico no Brasil, mas fortemente difundido pelo mundo, principalmente, na França).

Mas, a grande vantagem dos óleos essenciais é que eles também podem ser utilizados na rotina da casa tanto na parte de limpeza e desintoxicação de superfícies, como mesas, pias, armários e, até, o chão. Neste caso, os óleos cítricos, especialmente, o de limão siciliano e o de laranja, são os mais indicados pelas propriedades químicas purificadoras, de limpeza e desintoxicante. Eles podem auxiliar, também, na limpeza das roupas. É possível, ainda, desinfectar camas, sofás e travesseiros esborrifando óleos essenciais. O ponto mais importante da escolha pelos óleos essenciais é a redução da carga tóxica.

Nem nos lembramos, mas nossa pele é o nosso maior órgão e, quando em contato com substâncias químicas, elas são processadas e metabolizadas pelo nosso organismo. Além disso, o sistema respiratório é fortemente atacado. Quantas vezes já ouvimos falar de pessoas que passaram mal por ter misturado produtos para lavar banheiros? Pois é, elas se intoxicaram com químicas nocivas ao corpo!

Aromatização do ambiente


Para aromatizar a casa, é possível fazer os próprios difusores de ambientes, aqueles com as varetinhas! Para isso, é indicado utilizar como base, álcool de cereais. Usar um difusor, seja o de varetas ou ultrassônico (os óleos essenciais não podem ser aquecidos, por isso, os difusores precisam ser os ultrassônicos) traz benefício para todos que residem no mesmo ambiente, pois, além da casa ficar cheirosa, existe um trabalho emocional. Ao inalar os óleos essenciais, as células nervosas olfativas ativam, por exemplo, o sistema límbico e as emoções são trabalhadas.

Normalmente, os cítricos proporcionam sensações de alegrias e são energizantes. Os florais podem ser calmantes e relaxantes e, cada planta, flor, fruto, raiz e resinas de árvores vão proporcionar um sentimento diferente. O ambiente aromatizado com os óleos essenciais fica com um aroma natural e não sintético, este último, por sua vez, possui elementos tóxicos e que podem interferir no corpo humano de várias formas nocivas, mas, especialmente, na parte hormonal. Por isso, atenção: óleo essencial e essência são diferentes!

É possível, ainda, fazer água para lençóis. O aroma deve ser de acordo com o que você pretende. Por exemplo, a lavanda pode acalmar e proporcionar uma noite de sono restauradora; o limão pode desintoxicar o quarto, cama e travesseiros, assim como a melaleuca, que possui propriedades antifúngicas e antibactericidas; já o gerânio e o ylang ylang podem ser afrodisíacos!

A versatilidade dos óleos essenciais na rotina de uma casa é imensurável. Poderíamos escrever, inclusive, vários estudos sobre a utilização de cada aroma, a forma que age terapeuticamente e que perfuma naturalmente o seu lar. Mas, vamos por partes, porque o assunto ainda é novidade para muita gente!


Limpeza energética

Outro aspecto muito interessante é a limpeza energética. Para quem acredita que trazemos energias para o lar e, nem sempre elas são tão boas assim, fica a dica de fazer um spray com álcool (pode ser o de cereais ou o 70) com capim-limão (limpeza profunda de energias negativas), melaleuca (limpeza de energias e relações tóxicas), olíbano (elevação da vibração) ou gerânio (amor puro e verdadeiro). Existem diversos aromas naturais e propriedades emocionais, energéticas e físicas. Basta entender o momento atual da rotina do lar e escolher o óleo essencial mais apropriado para o momento. Ou seja, enquanto cuida da saúde e bem-estar físico e emocional, o ambiente fica perfumado e limpo! Conheça esse mundo, pois ele tem muitos benefícios colaterais!

Fernanda Sal Jornalista e  Profissional de aromaterapia

Por Fernanda Sal
A Fê é jornalista, empreendedora, consultora de bem-estar e aromaterapeuta. 
                                                     Siga: @harmonia_saude_essencial

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search